Entregas em 2-4 dias úteis

Garantia de Satisfação de 30 dias ou reembolso

Portes GRÁTIS a partir de 35€

Blog

Como o jejum realmente funciona e porquê este pode ser o momento ideal para experimentá-lo para perder peso

Pode ser o momento perfeito para experimentar uma das tendências de perda de peso e bem-estar mais populares do momento.

Viver sob regras estritas de quarentena não é agradável, mas é seguro até certo ponto. Podes usar esta experiência em teu benefício.

Agora que estás em casa 95% do tempo e pode criar um horário sólido 24 horas por dia, 7 dias por semana, adoptando novas formas e trazendo algum equilíbrio à tua vida, a mudança deve ser mais fácil do que pensas.

Experimenta o jejum intermitente e controla o teu peso corporal, apesar de estares em casa o tempo todo.

Ok, as primeiras coisas primeiro. O que é o jejum intermitente?

O jejum intermitente é uma forma de comer. A diferença das dietas regulares, não se centra no QUE comer, mas sim  QUANDO comer.

As pessoas fazem-no por motivos de saúde e perda de peso e prolongam a sua linha de vida.

No entanto, a ideia de jejum intermitente não é nova. Algumas culturas fazem-no por razões religiosas, outras pelo seu estilo de vida. O jejum também tem sido praticado em hospitais, tudo em nome da vida e da prevenção. Finalmente, o jejum é algo ao qual os organismos estão bem adaptados.

Em 2014, Mark P. Mattson, PhD e Valter D. Longo, da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, fizeram uma extensa pesquisa sobre o jejum e ficaram surpreendidos:

"O jejum tem o potencial de retardar o envelhecimento e ajudar a prevenir e tratar doenças a tempo o que minimiza os efeitos secundários causados pelas intervenções dietéticas crónicas".

O que é o ritmo circadiano e porquê o devemos seguir?

O ser humano é uma criatura diurna. Algumas das suas funções corporais estão profundamente conectadas ao sol.

  • Quando o sol nasce, a melatonina (a nossa hormona do sono) começa a cair e as hormonas da serotonina e do stress começam a subir. O nosso metabolismo começa a funcionar melhor, a pressão arterial começa a aumentar e a atenção aumenta durante a maior parte do dia.
  • À noite, os sucos digestivos e "evacuações" diminuem, a melatonina começa a aumentar e deixa-os com sono.
  • Durante a noite, o nosso corpo descansa, os órgãos principais regeneram-se e o fígado realiza a sua limpeza diária. Isto é, se não comermos demasiado tarde à noite.

Comer fora de sincronia do ritmo circadiano pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, diabetes e excesso de peso.

Quando o nosso metabolismo desacelera, não podemos aproveitar ao máximo dos alimentos como poderíamos durante o dia. A insulina é menos eficaz na redução do açúcar no sangue, o estômago leva mais tempo para digerir, os alimentos semi-digeridos permanecem mais tempo no intestino e a formação de reservas de gordura é ideal.

Parar de comer cedo o suficiente, cedo à noite, é importante se estivermos preocupados com a resistência à insulina, peso corporal saudável e sono de boa qualidade. Pelo menos isso.

'Tá bem, então o que acontece durante o jejum?

Tudo depende de quanto tempo jejuas e a composição do teu corpo. Mas, de um modo geral, os primeiros sinais de jejum aparecem após 12 a 14 horas sem comer.

Se jejuas durante 16 horas, as mudanças são subtis mas positivas:

  • O fígado já possui menos glicose armazenada e todos os nutrientes na corrente sanguínea foram sugados para os locais onde são necessários.
  • Os níveis de insulina diminuem e os intestinos trabalham tranquilamente na tua última refeição.
  • As hormonas de stress estão baixas, também é possível que sintas pouca energia.
  • A tua mente deve estar clara e concentrada.

Jejuar durante um período mais longo teria um efeito maior:

  • Devido à falta de glicose, o teu corpo entra lentamente em cetose.
  • Depois disto, a tua principal fonte de energia seria a tua própria gordura corporal.
  • As células tornam-se mais resistentes ao stress, ao uso de alta gordura corporal e à desintoxicação completa (autofagia).

Se o fizesses durante vários dias, as coisas ficariam mais intensas. No entanto, após alguns dias de inquietação, fome e exaustão, agora sentir-te-ias vivo, cheio de energia e extraordinariamente magro.

  • Agora urinarias muito e deixavas de ver-te inchado.
  • Devido às constantes visitas à casa de banho, necessitarás de mais água.
  • cetose estaría em modo completo.

Como ferramenta de bem-estar, não sugerimos ir além de alguns dias. De qualquer forma, sugerimos que converses com o teu médico sobre o jejum se desejares fazer um jejum mais longo.

E isto está comprovado?

O jejum intermitente é uma prática bastante bem investigada, em animais e pessoas.

Enquanto estudos sobre organismos simples e ratos mostraram que o jejum intermitente realmente PODE prolongar a vida, "em humanos, ajuda a reduzir a obesidade, hipertensão, asma e artrite reumatóide", escreveram Mark P. Mattson, PhD e Valter D. Longo.

O estudo em ratos mostrou que os níveis de adiponectina, a hormona humana magra, aumentam dramaticamente em resposta ao jejum. Quando os níveis de glicose no fígado diminuem, a resistência à insulina diminui e torna o metabolismo mais eficiente, a formação de reservas de gordura diminui e a queima de gordura é a ideal.

Então, e como começo?

  • Pense no que seria mais fácil para ti: saltar o pequeno-almoço ou desfrutar de um jantar mais cedo e evitar petiscar depois.
  • Quando souberes em que parte do dia vais comer, começa a avançar cada hora.
  • Se saltares o pequeno-almoço, digamos, e comer apenas entre o Meio-dia e as 8h da tarde, começa a tomar o pequeno-almoço cada vez mais tarde até chegar ao Meio-dia.

Aproveita o tempo para cultivar o novo hábito e bebe muita água enquanto não comes.

Necessitas de ajuda para deixar de comer tarde?

Nuestro quemagrasas nocturno también ayuda a suprimir los antojos nocturnos e impide que las calorías que se conviertan en grasas. Aumenta tu metabolismo y mantiene tu hígado en forma.

O nosso queimador de gordura nocturno também ajuda a suprimir os desejos nocturnos e evita que as calorias se transformem em gordura. Aumenta o teu metabolismo e mantém o teu fígado em forma.

Back to blog